Esgoto

Fossa Seca

Essa é a solução mais encontrada nas zonas rurais e suburbanas para o destino dos dejetos domésticos. As fossas são deficientes quando não são bem localizadas e nem construídas adequadamente. A fossa seca deve ser construída a 10 metros da casa e a mais de 15 metros de qualquer fonte ou poço de água, dependendo do tipo do solo. O local não deve estar sujeito a inundações ou invasão por águas servidas, e a fossa não deve cortar lençol d’água subterrâneo.

Fossa Seca

 

Esquema de fossa seca. Distância recomendada.

A construção da fossa seca consiste numa escavação circular ou retangular, com mais ou menos um metro de diâmetro ou de lado e profundidade de aproximadamente dois metros. Em terreno firme, as paredes do buraco podem ser verticais e sem revestimentos. Em terreno frágil, as paredes devem ser protegidas de desmoronamento por tábuas ou tijolos. O fundo não deve ter nenhum revestimento.

No nível do solo, em todo o contorno do buraco, coloca-se uma base de 20 a 30 cm de altura que irá suportar o piso e a casinha. Essa base pode ser de madeira bem resistente, de tijolo ou concreto. Em torno da base, coloca-se terra socada e, se possível, planta-se grama para proteger a fossa da penetração de água de chuva ou de lavagem da casinha. Sobre a base, assenta-se o piso, que deve ser de material resistente e de fácil limpeza. Os melhores são de concreto armado.

Os dejetos serão eliminados num pequeno buraco do piso, construído com um molde de madeira contendo uma tampa de dobradiças. Pode-se também instalar uma latrina ou vaso sanitário. Num dos cantos da laje, coloca-se um cano para ventilação para escapamento de gases. A extremidade inferior desse cano fica dentro da fossa e a outra atravessa o teto da casinha, protegida com tela para impedir a entrada de insetos. Também poderá ser recurvada, para evitar a penetração de chuva.

A casinha pode ser feita de madeira, taipa, tijolo, etc. A cobertura deve ser inclinada para escoamento da chuva, sendo a porta colocada na parte mais alta. A cobertura deve ter beiral de 30 a 40 cm.

Entre as paredes e a cobertura, em todo o contorno, deixa-se um espaço de 10 cm para ventilação, mas protegido com tela, para evitar as moscas. A porta da casinha deve abrir para fora e, de preferência, ter uma mola ou um dispositivo qualquer para ficar sempre fechada.

As fossas dispensam assento;

Dentro da casinha, deve ficar uma vasilha contendo terra misturada com cinza e cal para ser lançada em pequena quantidade na fossa após cada utilização, para evitar mau cheiro;

Os papéis usados devem ser jogados nas fossas;

Os dejetos de crianças que ainda não podem usar a fossa são coletados em urinóis e nela despejados;

Se surgir mau cheiro, aconselha-se lançar dentro da fossa um pouco de óleo queimado (óleo diesel);

O piso deve ser lavado sempre com água e creolina, cuidando para que não caia na fossa muito líquido da lavagem;

Quando faltarem 50 cm para o enchimento, a fossa deve ser aterrada e um novo buraco deverá ser cavado, com reaproveitamento do material. 

© 2018 Saae Sete Lagoas . TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.